Éramos Seis: Clotilde ameaça se jogar da torre após término com Almeida

Clotilde se desespera e ameaça se jogar da torre da igreja após fim do namoro com Almeida - Foto: TV Globo
Clotilde se desespera e ameaça se jogar da torre da igreja após fim do namoro com Almeida - Foto: TV Globo

Clotilde (Simone Spoladore) ficará desesperada e quase fará uma besteira daquelas no capítulo desta sexta-feira (10/01) de Éramos Seis.

Apaixonada por Almeida (Ricardo Pereira), ela não suportará quando ele disser que os dois não podem ficar mais juntos e subirá na torre para cometer suicídio.

Tudo começará após ele receber a notícia de que ganhou a guarda dos filhos. Com medo de ficar sem as crianças, caso abandone Natália (Marcela Jacobina), ele volta atrás no relacionamento.

“Acho que não nascemos pra ficar juntos. Nascemos pra abrir mão dos nossos desejos! Antes foi você que abriu mão, dez anos atrás, agora sou eu”, diz Almeida.

Clotilde fica muito decepcionada e conta que nunca se desculpou por ter deixado Almeida:

“Vivo me culpando, me martirizando por ter deixado você partir. Eu tinha tanto medo de te amar e foi tão bom, meu Deus, como a gente faz coisas erradas na vida! O que eu fui fazer?”, responde ela.

Sem chão, Clotilde sai pela cidade, vagando pelas ruas sem propósito, até que entra na igreja. Lá ela sobe a escadaria que dá acesso à torre do sino, sobe no parapeito e pensa em se jogar.

Instantes antes da cena trágica, Padre Venâncio (Othon Bastos) aparece e Clotilde acaba desistindo.

Veja mais sobre os capítulos e o resumo de Éramos Seis no Guia de Novelas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *